Embratur reforça laços do Brasil com a Itália durante a BIT Milano

Maior feira de turismo italiana inaugurou as atividades neste domingo (10/04) e segue até a próxima terça-feira (12/04). Agência promove o país com estande próprio no evento

A 40ª Borsa Internazionale del Turismo (BIT) – Bolsa Internacional de Turismo – abriu suas atividades neste domingo (10/04), em Milão, na Itália. Com o objetivo de impulsionar a imagem do Brasil no exterior e atrair mais visitantes internacionais para o país, a Embratur (Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo) marcou presença no evento com um estande próprio e se reuniu com os principais atores do trade turístico italiano.

O chefe da Assessoria Internacional da Embratur, Heitor Kadri, representa o presidente da Agência, Silvio Nascimento, na BIT Milano. Além de conversar com autoridades locais, no primeiro dia, ele teve a oportunidade de estreitar as relações com o trade turístico internacional. Heitor Kadri defendeu ainda que o país está pronto para receber o turista estrangeiro. “O Brasil está preparado para receber turistas do mundo inteiro e a retomada do setor em nosso país está em plena ascensão. Como agora não há necessidade do teste de PCR para ingressar no Brasil, temos uma importante medida que impulsiona e aquece o cenário turístico brasileiro”, avaliou.

O ministro do Turismo italiano, Massimo Garavaglia, visitou o estande brasileiro na feira. Logo após cortar a fita e dar início ao evento de forma oficial, ele recebeu os cumprimentos do Cônsul Geral do Brasil em Milão, Hadil Fontes da Rocha Vianna, que ratificou os laços entre os países.

“A Itália sempre foi um mercado prioritário para nós. Após dois anos de pandemia, a nossa presença na BIT é um primeiro passo para retomar o diálogo e estreitar as relações, não só com o público em geral, mas também com instituições e operadores do setor do turismo”, destacou.

A programação da maior feira de turismo da Itália segue até a próxima terça-feira (12/04). Durante esse período, o estande da Embratur vai destacar destinos atraentes para os italianos e demais visitantes do evento, além de oferecer experiências como atrações culturais e degustação de produtos típicos brasileiros.

A Itália está entre os principais emissores de turistas ao Brasil – é o 8º no ranking geral de 2019 –, sendo que 58% dos turistas italianos costumam viajar sozinhos. Eles buscam, prioritariamente, locais de Sol e Praia, com laços culturais fortes e também visitar parentes e amigos. O Brasil é também o principal mercado latino-americano dos turistas italianos, com São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Foz do Iguaçu (PR), Fortaleza (CE) e Recife (PE) como destinos preferidos.

Em 2019, mais de 182 mil turistas italianos ingressaram no Brasil, o que posiciona a Itália entre os maiores emissores de turistas ao país. Apesar de ter ocorrido uma diminuição no fluxo de italianos ao Brasil nos últimos dois anos, há a expectativa que quase 150 mil turistas venham da Itália para o Brasil em 2022.

Embratur na Itália

A Embratur está investindo no mercado italiano de diversas maneiras, entre elas com participação em roadshows com o trade turístico italiano e ações de Relações Públicas, desenvolvendo relacionamento com a imprensa italiana. Também estão previstas campanhas publicitárias no país para o ano de 2022.