Fiexpo Latinoamérica: Embratur faz balanço positivo de participação na feira de negócios e eventos

Na Cidade do Panamá, Agência teve a oportunidade de apresentar a estrutura brasileira para o segmento e atrair congressos e reuniões para o país

A Embratur encerrou sua participação na Fiexpo Latinoamérica, na Cidade do Panamá, na última quinta-feira (16/6). Um dos maiores encontros do segmento de turismo de negócios e eventos, a feira contou com um estande da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo e com a presença de 15 coexpositores, que aproveitaram o espaço para fazer negócios e atrair congressos, reuniões e feiras para o país.

“Foram dias muito produtivos, em que tivemos a oportunidade de mostrar que o Brasil está mais do que preparado para ser um destino confiável para o setor de turismo de negócios e eventos. Já conseguimos atrair alguns deles, que confirmaram suas próximas edições no país, e tiramos o máximo proveito possível da oportunidade para mostrar do que somos capazes na área”, avaliou Silvio Nascimento.

A Agência teve uma agenda cheia na capital panamenha desde a última segunda-feira (14/6). Em seu primeiro dia na cidade, Nascimento concedeu entrevistas para importantes veículos de imprensa do Panamá, como Capital Financeiro, TVN, Al Minuto Notícia, Portal SNIP e TVN, reforcsndo que o Brasil busca gerar negócios e promover o aumento de fluxo de turistas bilateral com o Panamá. O presidente da Embratur ainda se reuniu com a ministra-conselheira da embaixada do Brasil no país, Maria Dolores Penna.

Na terça-feira, durante o 9º Foro Político Latinoamericano, Nascimento representou o Brasil em uma reunião que contou com autoridades de 16 países das Américas e teve três painéis para falar sobre assuntos como investimentos e ações de promoção para a captação de eventos; a profissionalização dos serviços em países emergentes; e a função dos destinos turísticos como motor do crescimento econômico.

Já na quarta-feira, dia oficial da abertura da Fiexpo Latinoamérica 2022, a Embratur prestigiou a cerimônia de inauguração e realizou uma ação de capacitação com 80 organizadores de eventos de diversos países. O objetivo da reunião foi apresentar aos responsáveis por realizar encontros, congressos e reuniões a estrutura do Brasil para tais eventos e os destinos turísticos únicos do país.

Silvio Nascimento também participou de uma reunião com a Copa Airlines. Após o encontro, a companhia aérea confirmou o aumento do número de voos entre Brasil e Panamá, com voos novos para Porto Alegre, Manaus, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo até o fim de 2022.

No último dia da Fiexpo Latinoamérica, mais uma boa novidade para o país: a Associação Petroquímica e Química Latinoamericana anunciou que fará sua reunião anual de 2023 no Brasil. A entidade conta com mais de 1 mil integrantes de 320 empresas do setor em 24 países. Além disso, a Agência foi convidada pela Sociedade Latinoamericana de Reabilitação Bucomaxilofacial a participar da solenidade de abertura do congresso que também será realizado no Brasil, entre 2 e 5 de novembro, em São Paulo.

Sobre a feira

A Fiexpo Latinoamérica foi realizada pela primeira vez no Panamá e contou com mais de 300 inscrições de fornecedores. A expectativa era de 860 compradores internacionais participando do evento e um impacto de US$ 7 milhões. A organização estimou a realização de 1.200 reuniões durante a feira, o que geraria em torno de US$ 320 milhões em negócios entre os 20 países participantes.

Estiveram no estande do Brasil, como coexpositores, representantes dos destinos destinos Iguassu Falls, São Sebastião (SP), Pernambuco e Socorro (SP); dos operadores de turismo Amazon Lord, DIO Viagens, AS Brasil, One Event e GM Group; das entidades São Paulo Convention & Visitors Bureau e Rio CVB; das redes hoteleiras Sheraton São Paulo WTC Hotel e Rede Accor RJ; e da Costa do Sol Destinantion e Expo Center Norte.