Expo Dubai 2020: Embratur realiza promoção dos destinos brasileiros, se aproxima de governos, investidores internacionais, Emirates e outras companhias aéreas durante a feira

A participação da Embratur (Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo) na inauguração e nos primeiros dias da Expo Dubai 2020 foi considerada extremamente positiva pelo presidente da Agência, Carlos Brito. Integrando uma intensa agenda de reuniões junto ao ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, durante a semana inaugural da atual edição da feira (a partir de 1/10/2021), Brito salientou a importância dos contatos realizados no evento. As chamadas Expos ocorrem a cada cinco anos – a Expo Dubai 2020 foi adiada em um ano em função da pandemia de Covid-19 – e são consideradas uma das maiores oportunidades para apresentação de cada país ao mundo. 
 
“Em nossa participação pudemos solicitar ao CEO da Emirates novos voos para destinos da Amazônia, Sul e Nordeste, que estão prontos para receber turistas internacionais que procuram bons serviços, como são os passageiros da companhia. Com o ministro das Relações Exteriores dos Emirados Árabes, demonstramos que o Brasil é um dos principais players da retomada do turismo mundial por suas belezas naturais únicas, e que somos a bola da vez, como diz o nosso ministro Gilson”, resume Carlos Brito. 
 
A comitiva brasileira esteve reunida com representantes de governos e alinhavou possíveis acordos bilaterais com a Eslovênia e San Marino, para o aumento de conectividade entre os países, ações de divulgação e troca de experiências e investimentos. “Com a pandemia e as restrições recentes, ficou ainda mais claro que o turismo é essencial para a economia global. O Brasil tem tido destaque, realizado obras de infraestrutura, concessões para a iniciativa privada que vão desenvolver o setor, e está tendo ótima recuperação”, afirma o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto. 
 
Presente à palestra do vice-presidente, Hamilton Mourão, sobre sustentabilidade e meio ambiente no Brasil, a comitiva brasileira pode replicar, em reuniões com possíveis investidores, a mensagem de que o Brasil é um país preservado e que não se furta de defender a Amazônia. “Temos praticamente metade do nosso território coberto pela Amazônia e 2/3 do total do país com vegetação nativa. Investir no Brasil e na preservação das nossas belezas é certeza de retorno sobre o investimento, especialmente com relação ao turismo, pois o mundo inteiro está buscando a conexão com a natureza e nosso país não se compara a nenhum outro neste quesito”, indica Machado Neto.  
 
Em reunião com Mohammed Khalaf Al Habtoor, vice chairman do Grupo Al Habtoor, um dos maiores dos Emirados Árabes, a comitiva brasileira capitaneada pelo ministro do Turismo e pelo presidente da Embratur fez um convite para que conhecesse presencialmente as belezas do Brasil. “Temos 147 hotéis em construção atualmente, e o Grupo Al Habtoor já investe no setor de hospitalidade, entre tantos outros setores. Seria um grande negócio se viessem investir também em hotéis no Brasil”, explica Brito. 
 
Embratur no Pavilhão do Brasil – Participando das ações coordenadas pela Apex-Brasil para o Pavilhão do Brasil, a Embratur realizou, durante a semana de inauguração da Expo Dubai 2020, receptivo com artistas performáticos travestidos de “onças pintadas”, além de exposição com imagens e artesanato, música e dança típicas de todas as regiões do País. Na “Semana do Brasil”, entre 14 de 21 de novembro de 2021, a Agência também fará receptivo aos visitantes com figurantes de “onças pintadas” e apresentações de cunho artístico. Serão acrescentados ainda show do grupo Ginga Tropical; apresentação em formato de Flashmob de profissionais de Capoeira; ação promocional em frente ao edifício Burj Khalifa em Dubai, no dia 15 de novembro. Durante a “Semana Brasil” serão realizadas três apresentações por dia no Pavilhão do Brasil, no palco Vitória Régia. 

 

Foto: Roberto Castro / MTur